terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Recordando - Programa Novo

Programa novo foi um especial trouxe de volta ao ar os atores Bruno Garcia, Lázaro Ramos, Wagner Moura e Lúcio Mauro Filho, protagonistas do seriado Sexo Frágil.

A história gira em torno das tentativas dos quatro atores de criar um programa inédito para a emissora em que trabalham. Nas várias reuniões de criação em busca do programa ideal, eles, que interpretam a si mesmos, pensam em diferentes formatos e gêneros – policial, novela, variedades, romance –, tentando adivinhar o que o público gostaria de ver. O especial brinca com a metalinguagem ao abordar situações que os próprios autores e diretores do especial vivem no dia a dia.

Na história, Lúcio Mauro comanda uma fictícia emissora e quer ser surpreendido por um programa que garanta sucesso de público e crítica. Nas reuniões de criação, os atores tentam se livrar de um bloqueio criativo: prometem ficar longe das baixarias, da apelação, da violência e de homem vestido de mulher. Este último recurso, aliás, foi explorado em Sexo Frágil. No entanto, Priscila (Lázaro Ramos), Vilma (Bruno Garcia) e Dona Gertrudes (Lúcio Mauro Filho), as mulheres que eles interpretaram no seriado, voltam com força total.

Dona Gertrudes volta à cena depois que Lúcio Mauro Filho é convencido pelos amigos a se fazer passar por sua mãe – com quem ele se parece muito –, com o objetivo de sensibilizar o chefe para as ideias do grupo. No encontro com o patrão, porém, Lúcio é surpreendido pela revelação de que é filho do chefe da emissora, com quem sua mãe teve um caso no passado. Diante da novidade, decide deixar o grupo e pedir demissão.

Bruno Garcia, por sua vez, é convidado pelo diretor Dennis Carvalho para protagonizar a próxima novela das oito, um remake de Eu Compro Essa Mulher. O detalhe curioso é que o diretor o quer no papel da mulher, Maria Teresa, já que ficou impressionado com sua interpretação de Vilma no seriado Sexo Frágil. Bruno aceita o convite e também resolve abandonar o grupo.

Lázaro Ramos, enfim, não vê outra alternativa a não ser deixar o programa, depois que seu irmão gêmeo, o transformista Marco Antonio (Lázaro Ramos), ameaça revelar a todos que era ele quem fazia o papel de Priscila, a suposta irmã de Lázaro, em Sexo Frágil.

Enquanto isso, Wagner Moura é surpreendido pela criatividade da secretária do chefe (Alinne Moraes em participação especial), que sugere que o novo programa tenha uma mocinha. Após muitas confabulações, os quatro amigos decidem retomar as reuniões do programa e apresentam ao chefe um projeto em que a mocinha seja interpretada pela secretária.

Elenco:
Alinne Moraes – Secretária do chefe / Mocinha
André Arteche - Paulinho
Bruno Garcia – Bruno Garcia / Maria Tereza
Dennis CarvalhoDennis Carvalho
Fernando Vianna
Karina Falcão
Lázaro Ramos – Lázaro Ramos / Priscila (Marco Antônio)
Lúcio Mauro - Chefe Lúcio Mauro Filho – Lúcio Mauro Filho / Gertrudes
Ricco Viana
Rodrigo Fagundes
Wagner MouraWagner Moura
Wendel Bendelak
Zéu Britto - Luiz
 
Equipe: Cenografia: Claudio Domingos Figurinos: Helena Araújo Direção de fotografia: Adriano Goldman Produção de arte: José Artur Camacho Produção musical: Mário Martinelli Caracterização: Fernando Torquato, Ancelmo Saffi Edição: Henrique Tartarotti Sonoplastia: Henrique Abreu, Humberto Donghia Efeitos visuais: Chico Mauro Efeitos especiais: Wilson Aquino Câmeras: Ricardo Fuentes, Tony Azevedo, Rubem Joseph Djelberian, Fernando Cruz Continuidade: Stella Valadão Assistência de direção: Cecília Amado Produção de engenharia: Alfredo Campos Coordenação de produção: Gilberto Nunes Gerência de produção: Daniel Vincent Direção de produção: Guilherme Bokel


 Fonte: Memória Globo