quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Wagner Moura: um assassino calvo e cômico em “Serra Pelada”



Wagner Moura, produtor de “Serra Pelada”, de Heitor Dhalia, iria fazer o protagonista do filme, mas, por conta de outro projeto, acabou desistindo e indicando Juliano Cazarré para o seu lugar. Wagner, então, ficou com um papel menor, que exigia menos tempo e que ele interpretou com maestria. Lindo Rico é um poderoso gangster do garimpo, que não perde a calma -e nem a piada- na hora de assassinar alguém. O deboche vem sereno, sem levantar o tom de voz.
“Em tudo que faço sempre procuro um lugar para colocar um pouco de humor”, nos disse o ator. A caracterização também é ótima: ele aparece calvo, de bigodinho, com as correntes de ouro típicas. “Cada personagem é uma onda… O longa é um faroeste pop, uma história de ação sobre um período muito interessante. Serra Pelada foi a maior concentração de trabalho humano desde as pirâmides do Egito. Quero cada vez mais produzir cinema.(...)"
Texto editado por Carol Monteiro
Fonte: Glamurama