terça-feira, 20 de setembro de 2011

'Tropa de elite 2' é o indicado do Brasil para concorrer a vaga no Oscar


Tropa de elite 2" é o indicado do Brasil para concorrer a uma vaga no Oscar 2012. O filme de José Padilha, que consagrou-se como a produção de maior bilheteria da história do cinema nacional, foi o escolhido por unanimidade pela comissão especial de seleção do Ministério da Cultura, entre as 15 produções inscritas, para disputar uma das cinco indicações a melhor filme de língua estrangeira. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira no Palácio Gustavo Capanema, pela secretária do Audiovisual, Ana Paula Santana.

- A indicação chegou num timing perfeito com o lançamento do filme nos Estados Unidos. Ele vai pra Nova York em novembro e essa escolha dá um gás, embora ela não garanta a inclusão do filme na Academia. Para isso acontecer, é necessário uma série de estratégias - disse Marcos Prado, produtor do filme.

"Tropa" disputou a indicação ao Oscar com "Assalto ao Banco Central", "Bruna Surfistinha", "As mães de Chico Xavier", "Estamos juntos", "Família vende tudo", "Federal", "A antropóloga", "Vips", "Histórias reais de um mentiroso - Vips", "Lope", "Malu de bicicleta", "Mulatas! Um tufão nos quadris", "Quebrando o tabu" e "Trabalhar cansa".

- Além de ser um filme contra a corrupção, Tropa de elite 2 é tecnicamente muito bem feito, tem uma senhora direção - avalia o distribuidor Jorge Peregrino, que lançou o primeiro "Tropa" e fez parte da comissão de seleção, que contou também com Ana Paula Dourado Santana, secretária do Audiovisual do Ministério da Cultura, Carlos Eduardo Carvalho Pacheco, presidente da Associação Brasileira de Cinematografia, George Torquato Firmeza, ministro do Departamento Cultural do Itamaraty, e pelos representantes da Academia Brasileira de Cinema Nelson Hoineff, Roberto Farias e Silvia Maria Sachs Rabello.

Agora, "Tropa de elite 2" vai concorrer a uma indicação aos Oscar de melhor filme de língua estrangeira com produções de cerca de 60 países.

"La guerre est déclarée", da França, "José e Pilar", de Portugal, "Rundskop", da Bélgica, "Le Havre", da Finlândia, "Where do we go now?", do Líbano, "Nader and Simin, a separation", do Irã, "Los colores de la montana", da Colômbia, e "Tilt", da Bulgária, também já estão na disputa.

A lista com os indicados será divulgada em janeiro. O Oscar 2012 acontece no dia 26 de fevereiro no Kodak Theater, em Los Angeles.

Fonte: O Globo Online