quinta-feira, 19 de maio de 2011

Wagner Moura filma ´A Cadeira do Pai´ em Paulínia



Com o desejo de construir uma obra adulta que emocionasse e fosse verdadeira, o cineasta estreante em longa-metragens, Luciano Moura, filma "A Cadeira do Pai" em Paulínia e região, incluindo Campinas, produção que tem Wagner Moura como protagonista e que conta com o apoio do Polo Magia de Cinema.

Em entrevista coletiva, o cineasta falou da dificuldade em realizar um longa e o trabalho exaustivo de filmagem. Luciano, no entanto, elogiou as condições de criação em Paulínia.

Segundo ele, o município une o incentivo financeiro a boas condições de produção. "É um casamento feliz", garante, apesar de ter feito algumas pequenas adequações no roteiro para aproveitar as locações disponíveis.

Já Wagner Moura, velho conhecido do Polo de Cinema, tendo produzido lá o filme "O Homem do Futuro", contou ter aceito o papel pelo roteiro. O ator elogiou a produção recente brasileira, que em muitos casos tende a falar sobre as mazelas sociais, mas diz ter se encantado pelo tom maduro de "A Cadeira do Pai", que busca questões mais universais e humanas.
"É um filme de gente grande", afirmou ao lembrar que o papel é diferente de tudo que já havia feito antes.

Na trama, Moura interpreta o papel de Theo Gadelha - médico, casado com a também médica Branca (Mariana Lima), pai do adolescente Pedro (Brás Antunes) e filho de um pai ausente (Lima Duarte). Sua mulher pede a separação e Dr. Israel, seu mentor, está morrendo. Aos poucos, Theo constata que seu mundo está desabando. Mas nada se compara ao que está por vir: seu filho Pedro some de casa no fim de semana em que completaria 15 anos. Theo pega a estrada em busca do filho. Nessa viagem pelo Brasil, passa por um processo de auto-conhecimento e transformação, com muitas mudanças e grandes descobertas.

A estreia está prevista para o primeiro semestre de 2012. O investimento é de R$ 5 milhões.

Fonte: Agito Campinas