sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Wagner Moura declara suas opiniões políticas em entrevista



Wagner Moura, astro de Tropa de Elite 2, estampa a capa da revista Rolling Stone deste mês. Além de um ensaio com direito a armas de brinquedo e ursinhos de pelúcia, o galã ainda manifestou suas opiniões políticas e revelou inclusive seu voto no primeiro turno.

"Votei na Marina (Silva). Vejo nela um discurso muito lúcido, muito honesto. É a única que pensa em desenvolvimento sustentável como algo fundamental”, disse. O ator também afirmou que simpatiza com o governo do Lula.

Mas não foi só sobre política que o intérprete do Capitão Nascimento falou. Wagner criticou os atores que so fazem televisão e defendeu a ideia de um teatro popular. "Eu não conseguia conceber que um ator se iniciasse na profissão de alguma outra maneira que não no teatro. Shakespeare era popular e não essa parada careta dos intelectuais e críticos. Não tenho paciência para isso”.

Sobre o casamento, Wagner afirma que acha que é uma instituição moderna. "Hoje, nada mais obriga duas pessoas a estarem juntas, a não ser o amor. E ser pai é um barato muito grande, né, cara? Não dá nem para explicar”, disse. O ator é casado com Sandra Salgado e é pai de Bem, de 4 anos, e Salvador, de 3 meses.

Fonte: Divirta-se

1 COMENTE! :

claudiacrisostomo disse...

Assisti essa entrevista e, realmente, foi ótima. Só fiquei um pouco surpresa com a posição a sua posição política, mas acredito que, em seu lugar, não afirmaria aos quatro cantos em quem iria votar. Afinal vivemos numa democracia (rsrsrs com voto secreto) e, acredito que quem VENCERÁ, deverá mais do que nunca levar a sério o povo, que ao meu ver, se engajou muito nesta eleição!... nossa... era pra ser um comentário...