domingo, 17 de outubro de 2010

Rapaz filma Tropa de Elite 2 no celular e acaba em delegacia em SP

Porteiro e fiscal da distribuidora dizem que pediram para ele desligar. Caso foi registrado como violação de direito autoral em Marília.

Um rapaz de 19 anos foi abordado dentro de uma sala de cinema por policiais militares e conduzido a uma delegacia em Marília, no interior de São Paulo, sob suspeita de ter gravado em seu celular o filme 'Tropa de Elite 2'. O caso foi registrado na Delegacia Seccional da cidade como violação de direito autoral. O rapaz foi ouvido e acabou sendo liberado.

Segundo o boletim de ocorrência, o porteiro do cinema e o controlador da distribuidora entraram na sala de exibição e surpreenderam o rapaz gravando o filme. Eles pediram para que ele parasse a gravação, mas o rapaz disse que em seu telefone ninguém punha a mão, segundo o relato na polícia. O telefone do rapaz foi apreendido. Foram cerca de 20 minutos de gravação.

Neste ano, houve um forte esquema de segurança para não permitir que o filme fosse pirateado e acabasse nas mãos de ambulantes.

Policiais trabalharam na segurança dos locais em que o filme foi processado. Além disso, em cada uma das 600 cópias enviadas aos cinemas foi colocado um código. Se algum espectador conseguir furar o cerco e filmar, essa numeração única pode denunciar o cinema. E ele acabará sendo o responsável.

Por isso, as salas de exibição também fecharam o cerco. Tudo para não repetir a experiência do primeiro ‘Tropa de Elite', assistido em cópias piratas por cerca de 11,5 milhões de pessoas, nas contas dos produtores.

Fonte: G1

2 COMENTE! :

Nicole Scherzinger BR disse...

WAGNER MOURA, um ator simplismente perfeito, Simpático e principalmente CHARMOSO! Amei tropa de elite 2, o melhor filme nacional! =)

Fanfa disse...

Cara parabéns pela interpretação, juro que se o capitão nascimento fosse candidato a presidência eu votava nele. O filme foi um marco para a história do Brasil pois a partir dele agora todo bom policial, vai querer ser herói como o Nascimento. Sem contar que serviu pra mostrar que pro povo, bandido bom é bandido na cadeia. Mais uma vez parabéns, esse personagem vai ser sempre lembrado assim como tu pois a partir dele, um dia quem sabe acabará a violência no Rio.
Um abraço