domingo, 29 de agosto de 2010

RIO 2010: Festival divulga seleção da Première Brasil


O Festival do Rio 2010 anunciou os longas-metragens selecionados para compor a Première Brasil, mostra mais prestigiada do evento que acontece de 23 de setembro a 7 de outubro.

Entre os títulos selecionados estão Elvis e Madona, de Marcelo Laffite (exibido fora de competição em Gramado), e Malu de Bicicleta, que deu a Flavio Tambellini o prêmio de Melhor Diretor, a Marcelo Serrado Melhor ator e a Fernanda de Freitas Melhor Atriz, no Paulínia Festival de Cinema 2010.

Seis das oito ficções selecionadas no Festival do Rio são inéditas, entre elas VIPS, de Toniko Mello, filme estrelado por Wagner Moura. A surpresa é a ausência na competição de A Suprema Felicidade, volta de Arnaldo Jabor na direção de cinema.

Entre os documentários, estão Diário de uma Busca, de Flávia Castro, premiado pela crítica em Gramado, e Positivas, de Susanna Lira, exibida na 4ª Cinema Mostra Aids.

Ainda não está definido qual será o filme de abertura, apenas o de encerramento: Lope, de Andrucha Waddington, coprodução Brasil/Espanha que deve estrear nos cinemas em 26 de novembro.

Confira os filmes brasileiros selecionados para a competição do Festival do Rio:

Ficção

Boca do Lixo, de Flavio Frederico (SP)
Como esquecer, de Malu De Martino (RJ)
Elvis e Madona, de Marcelo Laffitte (RJ)
Malu de bicicleta, de Flavio Tambellini (RJ)
O Senhor do Labirinto, de Geraldo Motta (RJ)
Riscado, de Gustavo Pizzi (RJ)
Trampolim do Forte, de João Rodrigo Mattos (BA)
VIPS, de Toniko Mello (SP)

Documentários

Diário de uma busca, de Flávia Castro (RS)
É Candeia, de Márcia Watzl (RJ)
Histórias reais de um mentiroso, de Mariana Caltabiano (SP)
Memória Cubana, de Alice de Andrade (RJ)
Santos Dummont: pré cineasta?, de Carlos Adriano (SP)
Solidão e fé, de Tatiana Lohmann (SP)
Positivas, de Susanna Lira (RJ)

Fonte: Portal de Paulínia