quarta-feira, 31 de março de 2010

Maquiador de ‘Tropa 2’ revela como é feito o filme

Maquiador de ‘Tropa 2’ revela como é feito o filme

Explosões, sangue, ferimentos e até corpos carbonizados vão movimentar a trama do aguardado ‘Tropa de Elite 2’, de José Padilha, cujas filmagens continuam a todo vapor. Para que esses efeitos pareçam críveis no longa, foi convocado o mexicano Martin Macias, responsável pela maquiagem do primeiro filme, de 2007.

“Vi muitas fotos para pensar como faria. Pela falta de alguns materiais importados, a gente inventa muito. Estou esculpindo os corpos a partir de manequins feitos de espuma de poliuretano (espécie de borracha)”, explica Martin, que também utiliza resina, látex, acrílico dental e tintas. “A cabeça é feita separadamente. Ao todo, são dois corpos inteiros e uma cabeça. Não posso dizer quem são as três vítimas”, desculpa-se ele, que também é responsável pelo ‘make-up’.

Para o produtor Marcos Prado, a participação do maquiador é de extrema importância. “O roteiro de ‘Tropa 2’ mescla cenas de ação com situações que envolvem os bastidores da polícia e da política. Não é um filme só de tiros, mas quando filmamos essas cenas a presença de Martin é mais do que essencial”, diz.

Martin Macias, de 46 anos, foi importado para o cinema nacional graças ao diretor Sergio Rezende. “Ele me abriu as portas quando me chamou para fazer ‘Guerra de Canudos’, em 1996”, conta o maquiador, que tem no currículo mais de 40 filmes e se especializou em Hollywood, quando ainda trabalhava numa TV do México.

Fonte: O Dia Online