sábado, 13 de dezembro de 2008

Conheça os vencedores do 2º Prêmio QUEM Acontece



A entrega do Prêmio Quem será no dia 16 de dezembro, às 20h, numa elegante festa ao redor da piscina do Hotel Fasano, no Rio, com a presença de várias celebridades. Eleitos pelos público, os vencedores serão homenageados por sua atuação em diversas áreas ao longo de 2008: televisão, cinema, teatro, música, literatura, moda, gastronomia, música e esportes. A votação aconteceu durante todo o mês de novembro no site de QUEM. Foram mais de 163 mil votos no total. Os indicados, que concorreram ao título, foram selecionados por um juri de 24 especialistas.

Confira a lista dos 20 ganhadores escolhidos pelos internautas:

TELEVISÃO

- Melhor atriz: Patrícia Pillar
(38,54% dos votos)

Ela conseguiu iludir boa parte dos telespectadores até a metade da novela "A Favorita", da TV Globo, sem recorrer a nenhuma muleta cênica ou recurso caricato que denunciasse o mau caráter de sua personagem.

- Melhor ator: Norival Rizzo
(21,55% dos votos)

É preciso ser um ator sutil e inteligente para lidar com a complexidade de um personagem
como Horácio, da série “9MM”, do canal a cabo Fox.

- Melhor autor de novelas: João Emanuel Carneiro
(55,75% dos votos)

Teve a ousadia de lançar uma novela sem anunciar previamente quem eram a mocinha e a vilã, e de romper com o suspense do "quem matou" bem no meio da história, em “A Favorita”, da TV Globo.

- Melhor jornalista de TV: Rafael Cortez
(37,58% dos votos)

Com sua persistência, o repórter do "CQC", da TV Bandeirantes, tem conseguido desmontar as aparências de personalidades públicas com maior êxito do que muitos jornalistas sérios.

CINEMA

- Melhor ator: Selton Mello
(37,33 dos votos)

Disputa com Wagner Moura o posto de maior ator de sua geração e não deixa a bola cair ao
interpretar um jovem traficante em “Meu Nome Não É Johnny”.

- Melhor atriz: Cláudia Abreu
(36,96% dos votos)

Concorreu por sua atuação discreta e apaixonante no longa “Os Desafinados”.

- Melhor diretor: José Mojica Marins
(32,32% dos votos)

Fiel aos seus temas originais, o diretor consolidou o status de autor com o filme
“Encarnação do Demônio”.

TEATRO

- Melhor atriz: Denise Fraga
(55% dos votos)

A atriz colocou à prova carisma e domínio técnico na comédia “A Alma Boa de Setsuan”. Ela se desdobra em dois papéis, um deles masculino, numa performance cheia de nuances e ironia.

- Melhor ator: Wagner Moura
(69,95% dos votos)

A montagem do clássico “Hamlet” dividiu a crítica especializada, mas o ator conquistou o
público com sua força interpretativa ao amenizar a melancolia e turbinar a carnalidade do
personagem-título.

- Melhor diretor: Rudifran Pompeu
(43,34% dos votos)

Novo nome entre os diretores teatrais de São Paulo, fez de “Vesperais nas Janelas” um
espetáculo onírico e muitas vezes lírico.

MÚSICA

- Melhor cantora: Vanessa da Matta
(58,74% dos votos)

Ela emplacou o maior hit do ano, “Boa Sorte (Good Luck)”, do CD “Sim”.

- Melhor cantor: Ney Matogrosso
(46,07% dos votos)

O "camaleão" se reinventa a cada nova turnê. O CD "Inclassificáveis" é considerado um dos
melhores de repertório inédito no ano.

- Melhor banda: NXZero
(54,35% dos votos)

O grupo venceu todos os prêmios, arrebata novos fãs a cada show e cresce em popularidade.

MODA

- Melhor modelo: Isabeli Fontana
(49,59% dos votos)

Teve um retorno triunfal às passarelas e aos principais editoriais de moda do mundo. É a
segunda no ranking do site models.com.

- Melhor estilista: Alexandre Herchcovitch
(26,98% dos votos)

Nem os percalços recentes pelos quais passou, como a venda de suas marcas para um
conglomerado e a dissolução do negócio poucos meses depois, tiraram o foco do estilista, que mantém a dramaticidade de suas coleções.

- Melhor cabeleireiro/maquiador: Celso Kamura
(51,79% dos votos)

Um dos pontos altos dos desfiles de Alexandre Herchcovitch é a beleza, sempre traduzida pelo talento do "beauty artist".

- Melhor fotógrafo: Bob Wolfenson
(26,28% dos votos)

Um dos mais renomados fotógrafos da moda brasileira e co-editor da revista “S/Nº”.

ESPORTES

- Melhor atleta: Marcos
(32,17% dos votos)

O goleiro do Palmeiras passou por momentos difíceis, superou contusões e foi peça
fundamental para que o time se candidatasse ao título do Campeonato Brasileiro

GASTRONOMIA

- Melhor chef: Paulo Martins
(25,88% dos votos)

O restaurante Lá em Casa, em Belém, deu grande destaque para a culinária do norte do país.

LITERATURA

- Melhor escritor: Bruna Beber
(27,79% dos votos)

Poeta da nova geração, é blogueira e faz podcasts com poesia.

Fonte: Quem Acontece