sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Wagner Moura não se rende às provocações de Abu



Se provocar um baiano já é difícil, provocar um baiano, canceriano, super de bem com a vida e chamado Wagner Moura, é ainda mais. Vamos combinar que Antônio Abujamra até faz força para tirá-lo do sério, mas não consegue. O ator, que está com tudo, foi o escolhido por Abujamra para comemorar os oito anos do programa Provocações, da TV Cultura, que foi exibido nessa última quinta-feira (14/8/2008), às 23h40.

Na entrevista, Wagner foi questionado sobre o espetáculo A Máquina, que o lançou nacionalmente. Até aí tudo bem. O apresentador perguntou sobre o Olavo, da novela Paraíso Tropical, Capitão Nascimento, do filme Tropa de Elite, e sobre a peça Hamlet, em cartaz no Teatro Faap. Tudo normal.

Mas, talvez o baiano tenha se sentido provocado realmente quando, de repente, seu celular toca em pleno estúdio, no meio do programa. Abu instiga Wagner, pedindo que ele atenda à chamada. Mas o ator, constrangido, diz que é apenas um recado.

''Não era ninguém, apenas um aviso que tenho um recado.''

No final da entrevista, ele conta que comprou os direitos autorais de uma peça americana, de Tracy Letts. Wagner pretende ficar do outro lado do palco, dirigindo o espetáculo que tratará a síndrome do pânico.

Ah, na sua calmaria, Wagner deixou um recado para os telespectadores:

''Se importem menos com a vida dos outros!''.


Fonte: Contigo!
Texto editado por Andressa Santos