quarta-feira, 23 de julho de 2008

Wagner Moura prestigia o mestre do cinema José Dumont



Desde sua estréia no cinema, em 2000, o baiano Wagner Moura atuou em 15 filmes. Na noite de segunda (21/7/2008), o ator da nova geração prestigiou o paraibano José Dumont, que recebeu em sua homenagem a mostra O Homem Que Virou Cinema, referência ao filme O Homem Que Virou Suco, de João Batista de Andrade. O filme, de 1979, rendeu a Dumont prêmios de melhor ator nos festivais de Gramado, Brasília e Huelva, na Espanha.

A mostra que começou ontem (22/7), conta com 20 dos 44 filmes em que Dumont atuou. Entre eles, Árido Movie (2005), de Lírio Ferreira, Cidade Baixa (2005), de Sérgio Machado, e 2 Filhos de Francisco (2005), de Breno Silveira.

O Homem que virou Cinema
Onde: Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro - Rua Primeiro de Março, 66
Quando: 22/07 a 03/08, às 17h. Fecha às segundas
Quanto: R$ 6. Estudante pagam R$ 3





Fonte:Contigo!
Texto editado por Andressa Santos