domingo, 6 de julho de 2008

Marília Gabriela entrevista Wagner Moura



O ator Wagner Moura é o convidado do “Marília Gabriela Entrevista” deste domingo, dia 6. Com 17 anos de profissão, ele revela sua fórmula de sucesso, fala da peça “Hamlet” – que acaba de estrear – e conta o porquê de não ter um contrato com as emissoras de televisão. Ele ainda relembra a infância em Rodelas – cidade no sertão da Bahia –, e faz declarações de amor à esposa e ao filho. Assuntos polêmicos, como religião e violência, também são debatidos no programa.

“Muito trabalho, ralação, alguma sorte e algum talento”. Essa é a receita para o sucesso de Wagner Moura. Sua carreira teve início nos palcos – na peça “A Máquina” (de João Falcão) – e foi estendida à televisão e ao cinema. No futuro, ele cogita a idéia de experimentar a direção teatral.

O ator acaba de estrear em São Paulo a peça “Hamlet”, de Shakespeare, da qual é ator e produtor. Ele diz que sempre quis interpretar o personagem:

“Li o texto quando era garoto e adorei. Que profundidade! Mas não imaginei que um dia faria”.

O polêmico “Tropa de Elite” também entra na pauta.

“É um filme importantíssimo, que discute violência e segurança pública. E creio que o primeiro passo para a mudança é a discussão”, posiciona-se. Sobre os colegas de profissão, ele não economiza elogios ao falar de Lázaro Ramos, Matheus Natchergaele, Antônio Fagundes e Selton Mello.

Frase do final do programa: “Estar pronto é tudo!”

Marília Gabriela Entrevista

No ar todo domingo, às 22h
Horários Alternativos: segunda, às 3h30; terça, às 22h30; quarta, às 4h e às 10h e sábado, às 10h30 e às 15h

Fonte: Gnt