segunda-feira, 30 de junho de 2008

Famosos fazem dublagem de filmes de época



Todos os palavrões e mais alguns estão nas vozes de um célebre elenco, que reúne nomes como Wagner Moura, Lázaro Ramos, Bruno Garcia, Lúcio Mauro Filho, Jair de Oliveira, Iggor Cavalera, Caetano Veloso e Sidney Magal.

Essa turma e outros famosos toparam uma brincadeira maluca: dublar uma versão cômica-pornô dos filmes de época oscarizados "Shakespeare Apaixonado" e "Elizabeth" (1998) --na internet, redublagens são comuns, mas não com celebridades.

Os dois longas têm como ator principal Joseph Fiennes, que na versão vira Miguel, um cara que quer "traçar" --para usar uma palavra mais publicável do que a original-- todo mundo, mulheres e principalmente homens. Sua voz é a de Zéu Britto, ator e músico baiano, da turma de Moura e Lázaro. A primeira "obra" foi "O Destino de Miguel", versão de "Shakespeare Apaixonado". Caiu na internet em 2005 e teve mais de um milhão de acessos. A continuação, "O Retorno de Miguel", redublagem de "Elizabeth", chegou à internet nesta semana.

A brincadeira foi idéia de André de Moraes, 31, ator e músico, que participou da elaboração de trilhas sonoras de filmes como "Lisbela e o Prisioneiro" e "Meu Tio Matou um Cara". Ele trabalhava na trilha e na criação de "Sexo Frágil" (2003), de João Falcão, um dos primeiros trabalhos televisivos da turma de Moura, Lázaro e Bruno Garcia. Lúcio Mauro Filho e Zéu Britto também eram da série, em que todos interpretavam homens e mulheres.

"Mostrei a idéia e os caras piraram. Todo mundo queria fazer. Era uma coisa de amigos, que a gente via quando ia na casa um do outro. Mas aí colocaram na internet e foi uma loucura. Fiz 'O Retorno' e pus nesta semana no [site] MySpace."

Além de atores, teve adesão de músicos com quem já fez trilhas, como Caetano, Cavalera e Magal. Como ator, Moraes está no elenco de "Os Desafinados", com Rodrigo Santoro e Selton Mello, que estréia em agosto.

Fonte: Folha Online
Texto editado por Andressa Santos