sábado, 31 de maio de 2008

Silveira: 'Não esperava que ele fosse ficar tão bravo'



A dupla Silveira e Silveirinha comanda o TV Madruga, um dos quadros do programa "Pânico na TV", da Rede TV!. Os dois, que seriam irmãos, entrevistam celebridades para um suposto programa produzido para a TV Comunidade. A emissora, de Campinas, seria de propriedade do pai deles.

Sem qualquer identificação da Rede TV! (eles usam um microfone sem logotipo), a dupla faz como Vesgo e Silvio: aborda os artistas pedindo uma entrevista rápida. Foram eles que conversaram com Wagner Moura, e ao submeter o ator a uma situação constrangedora, motivaram o artigo publicado em O GLOBO na quinta-feira, dia 29 de maio (leia aqui).

É tudo mentira, mas os artistas não sabem disso. Fabio Rabin e Daniel Zuckerman interpretam os irmãos e, há pouco tempo na TV, ainda não são reconhecidos. Dizendo-se fã de Wagner Moura ("Ele é o maior ator do Brasil atualmente"), Rabin diz que achou a reação do ator lamentável.

— Não esperava que ele fosse ficar tão bravo. Já falamos com outras pessoas e ninguém reclamou. Sempre fazemos as pessoas "usarem" os produtos do nosso patrocinador (os fictícios produtos Garcia, que vão desde picles até o tal gel passado no cabelo de Wagner), e nunca tivemos qualquer problema. A Bruna Lombardi comeu o presunto, o senador Eduardo Suplicy comeu o nosso picles, que estava, inclusive, vencido, e nada falou — justifica ele.

Rabin afirma que os outros entrevistados experimentaram os "produtos" por livre e espontânea vontade. Mas por que, então, isso não foi feito com Wagner?

— Ele não ia querer experimentar. Aí, passamos no cabelo dele sem que ele soubesse. Não queríamos que ele ficasse ofendido e pedimos desculpas no dia seguinte — diz Rabin.

Ainda de acordo com o apresentador, a maioria das pessoas não entende o quadro.

— É um programa de humor e nosso lema é "não acredite em tudo que você vê na TV" — finaliza.

Fonte: Blog da Patrícia Kogut