terça-feira, 29 de abril de 2008

Camila Pitanga e Wagner Moura são ovacionados em prêmiação




Casal ganha Prêmio Contigo! de "Melhor Atriz", "Melhor Ator" e "Melhor Par Romântico" de novela



Camila Pitanga e Wagner Moura foram as grandes estrelas da a 10ª Edição do prêmio Contigo de Televisão, que aconteceu no Hotel Copacabana Palace, segunda-feira, 28, no Rio. Os atores receberam os prêmios de "Melhor Atriz", "Melhor Ator" e "Melhor Par Romântico", muito pelo sucesso da novela “ Paraíso Tropical ”, de Gilberto Braga , que recebeu sete dos treze prêmios da noite.

“Foi tão bom trabalhar com este amigo e grande ator, com quem tive uma troca generosa. O trabalho com ele fluía tão bem que nossas gravações eram pura brincadeira, nos divertimos muito”, disse Camila ao subir ao palco junto com Wagner Moura.

“Meu amigo Lázaro Ramos que fica com ciúmes quando falo de você (Camila). Ele me diz: Quem é Camila? Você só conheceu ela agora e já fala tudo isso?”, brincou Wagner.

Grávida de oito meses e exibindo um lindo barrigão, Camila ficou muito emocionada ao receber o prêmio de melhor atriz. “Nossa é muita emoção receber este prêmio. Estou emocionada porque esse é o reconhecimento do meu trabalho. Eu sofri muito no início da minha carreira porque sempre fui muito auto crítica. Mas acabei aprendendo muito com a Camila Amado, que me deu aulas.”

Camila revelou, ainda, que estava ainda mais emocionada por ter recebido o prêmio das mãos de Tony Ramos, com quem contracenou na novela. “Que bom receber este prêmio das mãos deste ator, que já foi meu pai e meu "namorico" em "Paraíso Tropical". Ele foi um grande incentivo deste trabalho maravilhoso”, discussou a atriz que dedicou o prêmio ao seu marido Cláudio Amaral Peixoto, ao pai Antônio Pitanga e ao irmão Rocco Pitanga, presentes no local. “Obrigado ao meu marido por ser muito companheiro, ainda mais com a minha personagem estando muito exposta. Ele me ajudou e me deu muito apoio. Muitas vezes me acompanhou nas gravações. Agradeço também ao meu pai e ao meu irmão, que são inspirações eternas, meus grandes amores.”

Fonte: Ego