domingo, 9 de dezembro de 2007

É justo reconhecer



Quando Wagner Moura foi chamado para "Paraíso tropical" e escalado como bandido da história, as opiniões logo se dividiram. Houve quem dissesse que o artista ainda não tinha bagagem para isso, considerando impossível que ele viesse repetir na televisão, o mesmo sucesso do cinema (14 filmes no currículo). Outros, no entanto, como Gilberto Braga e Dennis Carvalho, apostaram no seu nome e comemoraram a escalação.

Moura trabalhou em "A lua me disse" (2005), de Miguel Falabella, atuou em seriados e minissérie ("JK"), porém, em se tratando de novelas, era quase um desconhecido. Imagine, então, fazer o chamado vilão no horário nobre da principal emissora do País? E com todos os holofotes em cima?

"Paraíso tropical", importante recordar, sofreu forte turbulência em suas primeiras semanas, o que motivou mudanças no roteiro. Wagner Moura foi poupado nos grupos de discussão, e com a exigência do público por mais vilania, seu tipo, Olavo, cresceu e continua em alta.


O ator é quase uma unanimidade. Confira o que o escritor Gilberto Braga pensa a respeito desse artista: "Eu também faço parte do fã clube do Wagner, ator completo, inteligente, charmoso, grande companheiro de trabalho. Nem por isso vou concordar que ele tenha tomado conta de uma novela que tem Tony Ramos, Fábio Assunção, Daniel Dantas e outros craques.


Aliás, eu não gosto muito de comparações, quem é o melhor...nem Oscar. Para julgarmos quem é o melhor entre dois atores acho que os dois deviam estar fazendo o mesmo papel." Opinião do autor. A maioria, no entanto (público e crítica), entende que Wagner Moura é o nome da novela. E ponto final.

Fonte: Tele Histórias por Flávio Ricco