segunda-feira, 17 de setembro de 2007

A equipe de "Paraíso Tropical" já começa a se despedir da novela da maneira que mais gosta: fazendo festa



Na noite desta quinta-feira, 13, produção e elenco da trama das 20h se reuniram na Zona Oeste do Rio para celebrar o sucesso do trabalho e eleger, mais uma vez, o “Bofe do Mês”.

A brincadeira, que já teve como vencedor os atores Fábio Assunção e Wagner Moura, dessa vez deu ao diretor Cristiano Marques, o Kiko, a faixa de muso.

Campanha

Vera Holtz chegou cedo e trouxe doces e brindes para animar a comemoração. Entre eles, a árvore do pecado, cheia de maçãs. “É a festa de 'adeus ao Paraíso'. Quem comeu a maça, comeu, quem não comeu não come mais”, brincou.

A atriz já apostava na vitória do diretor na eleição que envolve toda a equipe da novela. “Acho que vai ser o Kiko. Ele levou a filhinha dele de seis meses com uma camiseta escrito: vote no papai”, revelou a atriz.

Fábio Assunção também chegou cedo à festa. Ele contou como foi ser eleito o 1º “Bofe do Mês” de Paraíso Tropical. “Foi emocionante. É uma brincadeira organizada pela equipe, pela maquigem. É boa e é saudável”, disse.

Fábio apostou suas fichas em outro diretor da trama, José Luiz Villamarim.

Luli Miller apostou que Gustavo Leão ganharia. Ao chegar à festa, Gustavo fugiu da fama de favorito. “Não acho que sou forte candidato não. Pelo contrário. Acho que esse mês Kiko apelou usando a filhinha dele. Eu votei nele e depois pedi para ele me dar um close mais bonitinho essa semana”, brincou o ator.

Gato do mês

Gustavo ainda não foi bofe, mas já saiu de uma das festas da novela com o título de "Gato do Mês". “Assim que descobrir o que precisa para ser bofe eu prometo que ganho”.

Daniel Dantas comentou que essa foi a equipe mais festeira com a qual já trabalhou e aprovou a comemoração extra - no final do mês haverá uma festa de despedida ofical da novela.

“É legal ser um pouco antes porque no final já tem muita gente fora”, disse.

Glória Pires chegou acompanhada do marido e passou rápido pelos fotógrafos. Ou pelo menos tentou. Ela só avisou que seu voto fora para Kiko.

E na enquete com os convidados da festa só dava ele. Os votos de Juliana Didone, Roberta Roodrigues e Fernanda Machado também foram para o diretor.

Mistério no ar

Alessandra Negrini chegou com Ildi Silva e Fernando Torquatto. A protagonista de “Paraíso Tropical” não quis responder a perguntas sobre o mistério da identidade do assassino que movimenta a novela e também não revelou seu voto na eleição.

Por volta de meia-noite, Vera Holtz anunciou a barbada: Kiko recebeu a cobiçada faixa. Ele negou que tenha feito "campanha suja" usando sua filhinha como cabo eleitoral.

“Foi uma campanha limpa. O pessoal votou porque quis. Fui eleito democraticamente. É legal porque não só atores foram bofe do mês. O que vale é que a festa só existe porque a equipe está unida”, disse o brincalhão diretor.

Saudades

A festa fervia ao som de funk às 2h e alguns atores já falavam em saudades do trabalho. Vera Holtz disse estar tão feliz com o resultado que não tem espaço para tristeza no coração. “Não dá tempo de apertar o coração. É só felicidade, coração cheio. Tô ótima”.

Já Fábio Assunção assumiu que o coração “aperta” na hora de se despedir do personagem e dos colegas. “O coração fica apertado, mas acho que a novela teve o tempo certo, não teve barriga, não teve parte chata. Vai acabar no tempo certo”.

Assassino

Claro que com toda a equipe da novela reunida, a pergunta mais ouvida era: quem matou Taís? Fabio Assunção não quis arriscar um palpite. “Realmente não faço idéia. Vamos gravar cinco opções, como o Gilberto sempre faz”, contou.

Já Gustavo Leão fechou com a maioria. “Acho que foi a Marion. Ela faz tudo por dinheiro”, disse. Fernanda Machado não estava muito segura sobre seu palpite. “Achei que fosse o Ivan, agora estou na dúvida”. Sérgio Abreubuscar apostou em Antenor Cavalcanti.

Guilhermina Guinle, que chegou quando alguns convidados já deixavam a festa, entrou no jogo de suposições sobre o final da novela. “Será que é a Taís ou a Paula que está viva? Pode ser algo assim, surpreendente. Mas não sei, o Daniel teria percebido. Às vezes acho que foi o Ivan, às vezes não. Às vezes acho que foi o Olavo”, disse a atriz.

Finais

Enquanto o mistério principal da trama continua, os finais, felizes ou não, de outros personagens já começam a ser revelados. Guilhermina Guinle falou sobre o desfecho de sua Alice, a milionária esnobe que atrapalhou os planos de Bebel.

“Ela é uma meia vilã. Foi uma delícia fazer. Ela queria acabar com um milionário em um iate, mas parece que a Alice vai jogar um celular na cabeça de uma camareira e ser processada.”

Sérgio Abreu se surpreendeu com os acontecimentos da reta final de seu personagem Tiago e seu parceiro Rodrigo, um casal de união estável que esbanjou amor e cumplicidade durante toda a novela.

“Me surpreendi, mas não vou contar. Digamos que o casal vai ter um pequeno entrevero. Mas terminam juntos”, disse o ator mantendo o segredo mas garantindo o happy end.

Fonte: Ego