sexta-feira, 20 de julho de 2007

A pré-estréia do filme “Saneamento Básico”, de Jorge Furtado movimentou o Cine Odeon, no Centro do Rio, na noite desta quinta-feira, 19



E não poderia ter sido diferente. No elenco do filme está o casal furacão de “Paraíso Tropical” Camila Pitangabuscar e Wagner Moura.

Além dos dois, o longa também conta com Fernanda Torresbuscar, Paulo José, Lázaro Ramosbuscar, Bruno Garciabuscar, Tonico Pereira, Lúcio Mauro Filho e Zéu Brito.

Camila Pitanga foi a sensação da noite. Deslumbrante em um vestido de costas nuas, a atriz foi o principal alvo dos flashes dos fotógrafos.

Ela também foi prestigiada pela família: o irmão Rocco Pitanga, o pai Antônio Pitanga e madrasta Benedita da Silva foram conferir a performance da bela na pele de Silene, uma caipira que se encanta com o cinema.

“Cada vez que revejo o filme é melhor. A Silene é outra coisa, totalmente diferente da Bebel”, contou a atriz.

Wagner Moura foi prestigiado pelo elenco de “Paraíso Tropical”: Guilhermina Guinle, Paulo Vilhena, Sérgio Abreu e Carlos Casagrande foram ao cinema à convite do colega de novela.

Tapas

Wagner Moura, Camila Pitanga e Caetano Veloso badalam no Odeon

“Aqui é bem diferente da novela. Meu personagem quer bater na Silene”, divertiu-se Wagner Moura que no filme faz papel de cunhado de Camila.

Camila contou que durante as gravações chegou a apanhar de verdade.

“O Wagner é muito intenso, em tudo, até fazendo o monstro. Em uma cena apanhei de verdade, até me machuquei”, contou.

Sintonia

O elenco era só elogios ao clima entre a equipe durante as gravações do filme.

“Escrevi o roteiro para esses atores. Foi um trabalho de equipe. Imagino se vou impor algo ao Paulo José! Foi um clima ótimo. Fomos mudando as coisas durante os ensaios”, disse o diretor Jorge Furtado.

Lázaro Ramos, que também está no filme, não foi ao evento porque não conseguiu vôo de Salvador. Este é o nono filme do ator com Wagner Moura.

Sucesso básico

Na entrada do cinema, Regina Casé fez graça com o sucesso de Camila enquanto o elenco posava para fotos com Caetano Veloso.

“Camila e Caetano fiquem perto do Jorge senão ele não aparece”, brincou a apresentadora.
Fernanda Torres, muito simpática, e elogiada pelos companheiros de trabalho disse que nem todo filme precisa ser político.

“Acho que precisamos de bons filmes. Esse filme é uma reflexão inteligente, mostra que tem que ter arte e tem que ter esgoto também”, explicou.

Caetano, que ainda não tinha assistido ao filme, elogiou o filme e Camila Pitanga.

“Adorei muito. O texto é espetacular. A Camila está divina, ela tem algo da beleza que mostrou no longa 'Bendito Fruto', de Sérgio Goldenberg, algo de bela que ela também mostrou nesse filme. E os atores funcionam muito bem juntos”, disse o cantor.




Fonte: Ego