quarta-feira, 23 de novembro de 2005

Um par romântico histórico

Sarah Kubitschek, a mulher do ex-presidente Juscelino Kubitschek, será interpretada por duas atrizes na minissérie JK. Debora Falabella viverá a personagem desde os tempos de solteira até a eleição do marido para a presidência da república. E Marília Pêra encarnará Sarah dos seus tempos de primeira dama em diante.

Marília ainda não começou a gravar como Sarah, mas Debora já se divertiu e se emocionou um bocado na pele da personagem. Ela e Wagner Moura, ator que interpreta Juscelino, gravaram em outubro e no início de novembro as cenas de Sarah e JK ainda no início de seu romance. A primeira vez em que ele viu sua futura esposa foi na praça principal de Belo Horizonte (MG), quando ela passeava. Juscelino quis imediatamente saber quem era a moça, tão encantadora, mas não lhe perguntou o nome diretamente, porque soaria grosseiro na época, os anos 20. Um amigo tratou de lhe informar que aquela era Sarah, filha de família tradicional da cidade, moça de respeito.

Em suma, Sarah parecia areia demais para o caminhãozinho de Juscelino. Ele era pobre, órfão de pai desde os 3 anos, crescera em meio a sérias dificuldades financeiras. Ao menos era estudante de medicina, o que lhe dava algum status. E era exímio dançarino, charme que o tornava irresistível nos bailes. Seguro de si, Juscelino sabia que se casaria com aquela moça, contrariando todas as previsões. E ele estava certo. Começou assim essa grande história de amor.

Fonte:Site da minissérie JK