sexta-feira, 21 de janeiro de 2005

Dilúvio em Tempos de Seca

A chuva em contraponto à secura dos relacionamentos

A peça mostra uma modelo decadente (Giulia Gam) que posa para um escritor (Wagner Moura) em um banheiro claustrofóbico com o objetivo de escrever um livro sobre o amor. Lá fora, uma chuva torrencial aprisiona o casal que tenta se entender, mas não consegue. Em determinados momentos, o escritor e a modelo rompem a incapacidade de se comunicar, mas ainda assim a solidão dos dois personagens ainda está presente. Diálogos ágeis e intensos revelam a angústia provocada em ambos.

O texto é assinado por Marcelo Pedreira, com direção de Aderbal Freire-Filho. Dilúvio em tempos de seca fica em cartaz até 13 de março, sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 19h, no Teatro Sesc Anchieta (r. Dr. Vila Nova, 245, Consolação).

Mais informações podem ser obtidas pelo tel. 3234-3000). Os ingressos custam R$ 20,00.

Fonte: USP