sexta-feira, 10 de setembro de 2004

Apresentação da peça "Dilúvio em tempos de seca"

Giulia Gam e Wagner Moura estavam felizes da vida, ontem à noite, logo após a apresentação da peça "Dilúvio em tempos de seca", de Marcelo Pedreira, com direção de Aderbal Freire-Filho, no Teatro Dulcina, no Rio. Com apenas um mês e meio de ensaio, os atores festejaram muito a estréia.




"Foi muito emocionante, até porque é um espetáculo denso, sem artifícios, tudo exposto, atores, direção, sem coxia, tem que se entregar como ator. E me surpreendi com a segurança que o Aderbal passou pra gente", disse Giulia Gam.

Há dois anos sem fazer teatro, o jovem Wagner Moura era só elogios à colega de palco.

"A Giulia é a parceira que eu pedi a Deus, com toda a sua experiência no teatro, só meu deu segurança. Os ensaios foram um parto doloroso, mas necessário, e acredito que fizemos uma boa estréia", disse o ator, rapidamente, antes de ser cercado pelos amigos de "Sexo frágil", Lázaro Ramos, Lucio Mauro Filho e Bruno Garcia.

Com mais de 80 peças no currículo - somando as carreiras de ator e de diretor - Aderbal Freire-Filho também comemorou a noite.

"Achei tudo muito legal, saiu perfeito, exatamente como eu esperava. O Wagner e a Giulia estavam extraordinários, foi uma explosão no palco", festejou ele.

Entre os vips que prestigiaram o espetáculo, Camila Morgado, Herson Capri, Zezé Polessa, Marieta Severo, Eva Todor e Aracy Cardoso.

Fonte: Yahoo Groups