quinta-feira, 21 de maio de 2015

Atores gravam vídeo para mobilizar combate ao trabalho infantil

Wagner Moura e Priscila Camargo participam de campanha que será lançada em 12 de junho, Dia Mundial contra o Trabalho Infantil.



Os atores Wagner Moura e Priscila Camargo participaram da gravação de uma campanha de combate ao trabalho infantil. O vídeo, que está sendo produzido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), será lançado no Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, 12 de junho, com o intuito de mobilizar a sociedade a contribuir para a erradicação dessa prática ilegal.
No vídeo os atores lembram que hoje uma em cada 10 crianças no mundo está trabalhando. Só no Brasil, mais de três milhões de crianças e adolescentes exercem alguma atividade laboral, muitas vezes insalubre, perigosa e nas ruas dos grandes centros urbanos. Na peça, os atores pedem que os cidadãos não contribuam com essa prática ilegal, se recusando a comprar produtos ou a utilizar serviços prestados por crianças e adolescentes.
“Faça a sua parte e ajude a acabar de vez com essa prática”, pede o vídeo, que orienta a sociedade a denunciar a exploração do trabalho infantil, por meio do Disque 100 da Secretaria de Direitos Humanos. A iniciativa é resultado de parceria entre várias instituições que integram o protocolo de intenções firmado no Rio de Janeiro para o fortalecimento do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fepeti/RJ), entre elas o MPT-RJ e o Tribunal Regional do Trabalho (TRT1). A campanha conta ainda com o apoio do Movimento Humanos Direitos (MHuD).
“Parece que estamos falando de uma coisa antiga, mas, infelizmente, hoje ainda existem crianças forçadas a trabalhar no Brasil e em outras partes do mundo, muitas vezes pelas próprias famílias”, destaca Wagner Moura. Para ele, é fundamental que as campanhas venham acompanhadas de políticas sociais, já que muitas crianças são forçadas a trabalhar para auxiliar na renda doméstica. “É inadmissível que crianças estejam trabalhando, muitas vezes em situação de perigo, insalubridade, abrindo mão de sua infância”, completou.
A data
O dia Mundial contra o Trabalho Infantil, comemorado em 12 de junho, foi instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em 2002, data da apresentação do primeiro relatório global sobre o trabalho infantil na Conferência Anual do Trabalho. O objetivo da data é promover a sensibilização com relação ao tema e o engajamento de todos os segmentos da sociedade na luta contra o trabalho infantil.
Panorama
Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) de 2013 apontam a existência de 3,1 milhões crianças e jovens entre 5 e 17 anos de idade trabalhando no Brasil, apesar da queda de 12,3% verificada em relação à 2012. Desses, 486 mil têm menos de 13 anos. Só no Estado do Rio de Janeiro há cerca de 140 mil crianças nessa situação irregular, segundo dados do censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), 168 milhões de crianças no mundo realizam alguma atividade laboral, o que corresponde a 11% da população infantil. Dessas, 85 milhões realizam atividades consideradas perigosas.

Fonte: Portal R7 (Tribuna Hoje)

terça-feira, 19 de maio de 2015

Coisa de Fã

A Patrícia Tolfo nos enviou este desenho que fez de um retrato do Wagner Moura.
Eu achei lindo e muito detalhado...compartilho aqui.
Muito obrigada Patrícia.

Paula Andréia 




domingo, 10 de maio de 2015

Feliz Dia Das Mães - 2015

"Minha mãe é quem brincava comigo quando eu era criança. Meu pai se esforçava pra brincar, mas não tinha a manha. A minha mãe era menina, me teve com 21 anos, e era uma cabrita de cidade do interior da Bahia. Até hoje se conserva muito jovial. A gente tem esse gosto de cantar junto. Às vezes eu saía com ela em Salvador, falava: “Aí, mãe, vamos tomar uma cerveja?”. E a gente ia. Era um programa que não rolava muito com meu pai. Ele é o contrário, tem uma coisa serena. Com ele era mais um lance de conversar, ele era dos livros, da leitura. Minha mãe era também muito louca, muito honesta nos sentimentos dela. Tipo: “Ah, você é uma criança? Foda-se, tô puta”."
Revista TPM - 2010




Por: Paula Andréia

terça-feira, 28 de abril de 2015

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Wagner Moura estrelará remake de 'Sete homens e um destino'

Denzel Washington, Chris Pratt e Ethan Hawke também estão no elenco. Antoine Fuqua dirigirá o filme, que é baseado no clássico de 1960.



O ator Wagner Moura foi escalado pelo estúdio Metro-Goldwyn-Mayer (MGM) para o remake de "Sete homens e um destino", segundo o site da revista "The Hollywood Reporter". Antoine Fuqua ("Dia de treinamento") dirigirá o filme, que é baseado no clássico de 1960.
De acordo com o site, a escolha de Wagner Moura para o filme é "um aceno para a crescente importância da bilheteria internacional" e "ajuda a MGM a garantir uma forte presença do público na América do Sul, onde o ator tem uma base de fãs considerável". O ator vai interpretar Vasquez, um dos principais papéis de "Sete homens e um destino".
Denzel Washington, Chris Pratt, Ethan Hawke e Haley Bennett também estão confirmados no elenco. A produção contará a história de sete pistoleiros de aluguel contratados por camponeses do México para expulsar um grupo de bandidos que os oprime. Nic Pizzolatto ("True Detective") e John Lee Hancock ("Um Sonho Possível") são os encarregados do roteiro.
Na primeira versão, "Sete homens e um destino" (1960), do diretor John Sturges, contou com Yul Brynner, Eli Wallach, Steve Mcqueen, Charles Bronson e James Coburn. O filme é, na verdade, uma versão de "Os sete samurais" (1954), de Akira Kurosawa, que foi indicado ao Oscar na categoria de melhor trilha sonora.

Fonte: G1

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Cine Fã-Clube tem Wagner Moura como 'O Homem do Futuro', dia 11

Cientista resolve voltar ao passado para mudar seu destino 20 anos depois.



No Cine Fã-Clube deste sábado, dia 11, você vai embarcar com Wagner Moura numa viagem no tempo em "O Homem do Futuro" (2011), filme que a Globo exibe, em HD, logo após o Estrelas.

Zero é um cientista genial, mas que odeia a própria vida. Nada parece ter dado certo para ele, depois de ter perdido sua amada Helena (Alinne Moraes), há 20 anos. Para piorar a situação, ele está prestes a ser demitido. Antes que seu mundo desabe de vez, Zero resolve fazer uma loucura: acionar o acelerador de partículas inacabado, no qual ele estava trabalhando.
O cientista consegue fazer uma viagem ao passado e retornar a época em que, depois de ser humilhado publicamente na faculdade, perde o amor de sua vida. Zero resolve ir atrás de sua versão mais jovem, para convencê-lo a fazer as coisas de uma maneira diferente e, assim, alterar o seu destino desanimador.



O problema é que manipular os caminhos do tempo é mais difícil do que parece. Quando Zero retorna ao presente, descobre que sua vida mudou completamente. Agora, ele precisa encontrar um jeito de mudar essa história outra vez, nem que para isso tenha que enfrentar o pior momento de sua vida, de novo! Será que a versão jovem do cientista vai conseguir acertar as coisas? Não perca!

Fonte: Globo.com 

quarta-feira, 18 de março de 2015

Vídeo do Wagner cantando - Facom UFBA - Festa Bye Bye 95

Encontrei este vídeo no youtube do Wagner cantando em uma festa chamada "Festa Bye Bye 95" da Facom UFBA.
O vídeo eu achei no canal da Silvana Malta e a descrição dele é:
Registro antológico de uma das inúmeras festas que rolaram na Cantina de Vovô na década de 90, quando a Faculdade de Comunicação da UFBA ainda era no Canela.

Nessa, o pretexto foi o encerramento do ano letivo em 1995. Muita cerveja e rock´n´roll, com a banda Los Merengues (Leão no vocal, Jeder na batera, Borel no baixo e Mercenário na guitarra).

Participação divertidíssima de Wagner Moura (que estudava lá na época), cantando `I will survive´.

Imagens feitas por Paulo (funcionário do laboratório de telecinejornalismo - era esse o nome dele, não era?) e gentilmente cedidas por Selminha. Enjoy it!!!

Notem que a Sandra, esposa do Wagner, também aparece no vídeo (min 12:23), pois eles estudaram juntos, mas só começaram a namorar no início dos anos 2000.



Por: Paula Andréia

Fonte: Youtube